Amigos: do aperto firme à solidão

  Eu não vivo uma vida  estável, pois é, não há nada concreto, consumado, realizado, feito, absoluto, eterno, nem mesmo as amizades. Estaria mentido ao revelar que não tenho amigos: mas como não existe nada estável em minha vida, nem os amigos escapam. Por um simples motivo, sempre mudei-me muito de residências e escolas. Poucos … Continue lendo Amigos: do aperto firme à solidão