Às margens

Um menino deveria ser poupado das dores da vida. É intolerável saber que sofremos tanto ao formamos quem somos, alguém poderia deleitar sobre nós um pingo de piedade. Caso um dia estivesse na presença de Deus, não relutaria em pedir menos sofrimentos aos jovens, pedindo-lhe que apaguem todas nossas imperfeições. Não entendo como há sofredores … Continue lendo Às margens

A janela, o lugar e o menino

Manhã linda, sol quente que penetra calmamente em nossas peles. Crianças brincando, vejo rodas e sorrisos tímidos e expressivos. Mas por que um menino olhava tudo o que acontecia na janela? Em uma casa alta, provavelmente uns 5 andares, ele olhava o insólito mundo onde aquelas crianças divertiam-se. Tudo  refletia ser escuridão, culpa e choro … Continue lendo A janela, o lugar e o menino

Um louco e seus centavos

Louco ele se considerava, talvez loucura fosse pouco para ele. Aos 15 anos pediu a mãe para ser internado em um hospício, pois não conseguia controlar os pensamentos. Ao passar dos anos, desenvolveu técnicas para controlar esses devaneios da mente. Decidiu estudar economia, mas abandonou o curso ao decorrer de 2 anos. Não sabia o … Continue lendo Um louco e seus centavos

Profundidade mágica

Selena amava viver, nasceu com poderes sobrenaturais e foi classificada como bruxa. Contudo, era uma bruxa boa. Sua irmã, bruxa Sofina, também nasceu com poderes, mas os usavam para o mal. A feiticeira  Benévola, como Selena era conhecida, ajudava as pessoas, os animais, as floresta e as fadas. E acreditava na bondade humana. Em antagonismo, … Continue lendo Profundidade mágica