O ritmo esfíngico da coletividade

A história é uma construção engendrada pelo constante movimento que os nossos corações realizam diante da condição da existência humana; há anos, abandonamos à esquina o sonho inocente de uma criança que balançava nos galhos do destino; a sociedade nos introduziu papéis e o convívio a partir dos capítulos do cotidiano nos impôs rótulos; por … Continue lendo O ritmo esfíngico da coletividade

Como se sente?

Caminhando pela cidade, encontro um conhecido. E ele faz uma pergunta que despertou minha ira. Estava cansado de respondê-la de maneira aceitável. — Como se sente? — Bem. Nem de longe era o que queria responder. Então, respondi dessa vez a verdade. Havia eu e ele naquela calçada, perto de um morro. Não liguei para nada … Continue lendo Como se sente?