O lado místico da vida

Boa parte dos seres humanos têm curiosidades quanto à existência de um lado sobrenatural da vida, neste artigo, apresento-lhes alguns destes lados.

 Há quem veja que nada existe além de causas e consequências, que em certo grau, são validados pela ciência. Contudo, sempre permanece as dúvidas em relação à vida, à morte e à consciência. O Universo ainda é desconhecido para nós, mesmo que, conhecemos muito mais dele neste século.

A morte transforma-se tabu para uns, outros a veem como apenas um término da existência. Mas a existência seria o quê? Talvez um mergulho consciente da alma. Existem inúmeras perguntas para escassas respostas, porém as dúvidas, nos seja suficiente por agora. 

EQM (experiência de quasemorte)


EQM

Há algum tempo um canal no Youtube entrevista pessoas que relatam a experiência de quase-morte, eles contam sobre seus sentimentos naquele momento, sua percepção e o que sentiram após a experiência. São também perguntados aos entrevistados a situação que levou a EQM e etc.

Embora haja estudos no mundo sobre estes casos, nunca se chegou em uma conclusão definitiva, contudo, outro lado aponta que tais visões são o resultado de uma enorme atividade de ondas cerebrais. Logo, estudos sobre EQM instigam várias pessoas no mundo moderno.

Os relatos mais frequentes de pessoas que tiveram uma experiência de quase-morte são:

  • Um sentimento de paz interior;
  • A sensação de flutuar acima do seu corpo físico;
  • A impressão de estar em um segundo corpo, distinto do corpo físico;
  • A percepção da presença de pessoas à sua volta;
  • A visão de seres espirituais;
  • Visão de 360º;
  • Sensação de que o tempo passa mais rápido ou mais devagar;
  • Ampliação de vários sentidos;
  • A sensação de viajar através de um túnel intensamente iluminado no fundo 

O nome do canal no Youtube que analisa e entrevistas pessoas nesses casos chama-se Afinal, o que somos nós. Os leitores que quiserem aprofundar no assunto, recomendo assistir os vídeos do canal.

Paranormalidade


“Numa manhã de verão, uma moradora de Nova York acordou impressionada com o sonho que teve. Em seu sono, ela viu um avião pequeno cair em uma praia à beira de um lago. Havia três chalés no local, mas apenas um foi atingido. Os bombeiros, ao tentar alcançar os destroços, pegaram a estrada errada e demoraram muito a chegar. Quando, finalmente, puderam combater o fogo, era tarde demais. O piloto da aeronave havia morrido queimado. Na manhã do dia seguinte, ela comentou o sonho em duas cartas que escreveu a amigos. E, no final da tarde, quando ouviu um ruído de avião, teve um pressentimento. Gritou para o marido que avisasse os bombeiros, porque aquele avião iria cair. Segundos depois, a aeronave se espatifou na praia de um lago próximo, atingindo, na queda, um dos chalés que ficavam na margem. Os bombeiros pegaram a estrada errada e o piloto morreu queimado. A mulher entrou em depressão, achando que ela poderia ter salvo a vida do sujeito.” Fonte:  Site superinteressante/ Paranormalidade — 2003

Este caso de paranormalidade faz nos pensar em inúmeras considerações, sendo uma enorme coincidência ou um caso de premonição. A pesquisadora Louisa Rhine, compilou em um livro publicado na década de 70 sobre paranormalidade o caso dessa mulher que sonhou com a tragédia de avião. A matéria completa deste relato e a paranormalidade está no Superinteressante, acesse o link acima para vê-lo com mais detalhe. 

A paranormalidade tornou-se atraente a setores da mídia; no Brasil, por exemplo, há incontáveis programas que enfatizam casos sobrenaturais e de mediunidade. A parapsicologia que estuda eventos que parecem transcender as leis da natureza, investiga ocorrências de paranormalidades e as examinam; logo não somente a mídia tem interesse na área, como vemos que a parapsicologia estuda estes fenômenos, buscando uma lógica.

Eterno Retorno


Um filósofo bastante conceituado é Nietzsche, em um dos seus pensamentos, ele cita a ideia de “Eterno Retorno”, basicamente você viveria sua vida inúmeras vezes.

a2a06c5c565abb2598cfc1ed853c7ec8

“E se um dia ou uma noite um demônio se esgueirasse em tua mais solitária solidão e te dissesse: “Esta vida, assim como tu vives agora e como a viveste, terás de vivê-la ainda uma vez e ainda inúmeras vezes: e não haverá nela nada de novo, cada dor e cada prazer e cada pensamento e suspiro e tudo o que há de indivisivelmente pequeno e de grande em tua vida há de te retornar, e tudo na mesma ordem e seqüência – e do mesmo modo esta aranha e este luar entre as árvores, e do mesmo modo este instante e eu próprio. A eterna ampulheta da existência será sempre virada outra vez – e tu com ela, poeirinha da poeira!“ Não te lançarias ao chão e rangerias os dentes e amaldiçoarias o demônio que te falasses assim? Ou viveste alguma vez um instante descomunal, em que lhe responderías: “Tu és um deus e nunca ouvi nada mais divino!” Se esse pensamento adquirisse poder sobre ti, assim como tu és, ele te transformaria e talvez te triturasse: a pergunta diante de tudo e de cada coisa: “Quero isto ainda uma vez e inúmeras vezes?” pesaria como o mais pesado dos pesos sobre o teu agir! Ou, então, como terias de ficar de bem contigo e mesmo com a vida, para não desejar nada mais do que essa última, eterna confirmação e chancela?” (aforismo 56)
Fonte:  
O que é o Eterno Retorno (Nietzsche)/ 2008

Este filósofo provoca-nos, fazendo-nos refletir sobre nossas vidas neste aforismo.


Realmente, sabemos pouco sobre o Universo e a vida, contudo temos uma “guiadora”, apresento-lhes à Ciência. No mundo moderno nós a usamos para praticamente tudo, foi desenvolvida desde os primórdios da humanidade, sempre buscando resolver, solucionar e desmistificar problemas. No entanto, a ciência não tem resposta para tudo; com isso, estamos sujeitos a vislumbrar várias áreas do conhecimento, desde que estas, não façam mal a ninguém.

Neste artigo, atento-me ao fato de evidenciar possibilidades que estamos condicionados a ver no mundo; a internet está cheia de relatos e eventos paranormais, antes de rotulá-los devemos analisá-los.

O mundo tem seu lado místico, e a ciência o seu lado que vai atrás de resolver o mistério, levando a nós o que antes víamos como algo sobrenatural. Porém, assim como todo conhecimento, a ciência tem suas limitações; com isso, podemos complementá-la com outra área .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s