Caminho de gente

 

Triste sempre
Quando o caminho
de gente
Faz-se carente

Amigos em uma data
Inimigos em outra
Bom dia em um dia
Olhos pêndulos no outro

Caminho de gente
Estradas vazias
Barulhos na mente
Sorrisos que mentem

Encontrei no caminho
Pessoas amigas
Elas estavam plebes
Alimentei-as
No dia da minha aridez
Viraram desconhecidas

Caminhos de quê?
Caminhos sem gente
Amigos, adeus!

Sozinho sempre
odeio quando o caminho
de gente
Faz-se carente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s