Para conhecer-me

É muito fácil conhecer-me, pois eu deixo no caminho ou por onde passo quem sou. Não sou um amante da vida, tampouco um poeta da morte. Meus erros são pessoais e fizeram eu cair, crescer e evoluir.

Ao olhar fixamente em meus olhos verá alguém que cansou, no entanto ao ouvir o relógio bater, levantou-se. Alguém que sorrir e ao mesmo tempo flutua em prosaica desordem interna. Um ser que ao ser magoado, fecha-se por completo; mas ao magoar procastina com o perdão.

Sou quem tornei-me, não fui tornado por ninguém. As minhas atitudes e os meus consistentes devaneios foram e são de minhas responsabilidades. Na Verdade, todos os dias apanhava com os meus erros, mas aprendi a retirar o poder de meus impulsos. Logo a chibata que devorava minha carne, fraca tornou-se.

Para conhecer-me é preciso entender que o tempo não influência-me, pelo contrário, eu influencio o tempo. Minhas contrariedades fazem eu perder tempo, com isso o tempo, quando ao meu controle é imprevisível. O ponteiro do relógio não me modifica, eu de tanto o modificar, acabei por perder-me.

Ao conhecer-me saberá que posso ser completo e vazio , amargo e sorridente, companheiro e sozinho, preto e branco, verde e azul ao mesmo tempo. Não há dois em mim, eu sou os dois.

Logo, você concluirá que não há conclusões em mim, minhas inconsistências tornam-se homogêneas. Notará que eu enfrento serpentes venenosas e pássaros cantantes em meu coração. Eu não exijo pena, conforto-me com seu aperto de mão. Há quem viva sobre um chão, e outros que vivem sem saber onde pisam: pois é, assim eu sou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s